A Fiocruz e a Universidade de York, do Reino Unido, assinaram, em 28 de setembro, um termo de cooperação para o estabelecimento de um programa de colaboração interdisciplinar na área da saúde com foco no intercâmbio em ciência; tecnologia e inovação; saúde pública e desenvolvimento de cuidados à saúde; e história das ciências em saúde.

Com a assinatura do acordo, firmado por intermédio do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz) e da Vice-Presidência de Ensino, Informação e Comunicação (VPEIC/Fiocruz), serão promovidos em conjunto, durante os próximos cinco anos, pesquisas, conferências, seminários, intercâmbio de professores e alunos, cursos e divulgação de publicações acadêmicas sobre saúde e cuidados à saúde.

O vice-reitor da Universidade de York, Brian Cantor, disse que o acordo faz parte de um plano de ampliação no campo de relações internacionais da universidade. “Temos incrementado nossas relações internacionais nos últimos dez anos e começamos a trabalhar em parceria com instituições de países da América do Sul, principalmente o Brasil, que tem se desenvolvido muito rapidamente. Para nós, foi natural que esse caminho nos levasse a trabalhar com a Fiocruz, uma instituição muito eficiente”, afirmou.