Representantes da Fiocruz se reuniram com o novo cônsul-geral japonês, Masuru Watanabe, na segunda-feira, 10 de setembro. O objetivo do encontro foi ampliar as parcerias já existentes com o Japão e discutir novas possibilidades de cooperação com o país asiático.

Na reunião, o cônsul demonstrou interesse nas cooperações internacionais que visam ao fortalecimento dos sistemas de saúde africanos, destacando o protagonismo da Fiocruz. “Essa reunião vai servir para estabelecermos as prioridades da Fiocruz e do governo japonês no âmbito da cooperação internacional. Gostaríamos de firmar parcerias não somente bilaterais com a Fundação, mas também triangulares, incluindo Angola e outros países africanos”, destacou Watanabe.

O coordenador-técnico do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz), José Roberto Ferreira, destacou os campos de pesquisa e produção de vacinas como áreas prioritárias para o estabelecimento de novas parcerias com o país asiático e propôs a participação do Japão na criação da Rede de Escolas de Formação Técnica em Saúde, que já conta com o apoio de outros países. “Mais adiante vamos sugerir a participação do Japão em cooperações que a Fundação mantém com países da América do Sul, pois os japoneses ainda não têm parceria conosco nessa área”, adiantou.


Reunião da delegação japonesa com dirigentes da Fiocruz