O Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris) e o Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT), da Universidade Nova de Lisboa, patrocinaram a Oficina Pré-Congresso Mundial de Nutrição “Segurança Alimentar e Nutricional na Lusofonia: novos desafios para o PECS”. O evento foi realizado nos dias 26 e 27 de abril, no campus UERJ.

O encontro avaliou a situação relativa à segurança alimentar e nutricional no contexto da lusofonia, enquadrado pelas Estratégias de Segurança Alimentar e Nutricional (ESAN) da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), demonstrando também diferentes exemplos de políticas públicas bem sucedidas de combate à fome e à subnutrição. Uma das medidas realizadas foi lançar novas perspectivas para a implantação, monitoramento
e avaliação de políticas e programas da ESAN.

No segundo dia, um núcleo de comitê editorial se reuniu para discutir uma futura publicação conjunta sobre o tema, para divulgação no âmbito da CPLP, tendo como base os trabalhos apresentados na oficina.

O evento foi organizado por Rosana Magalhães, da ENSP, e por Sonia Centeno de Lima, do IHMT, e contou com a participação de 22 profissionais de diferentes instituições, como UFRJ, UFF, Universidade Rural do Rio de Janeiro, UFBA, Universidade de Coimbra e Universidade do Porto, assim como membros do Ministério das Relações Exteriores do Brasil e do Ministério da
Saúde do Brasil, de Cabo Verde e da Angola.